Hype: O que é e como surgiu

Direto do dicionário:  Algo que “está na moda”, do momento.
Hype é o exagero de algo, ou em marketing uma estratégia para enfatizar alguma coisa, ideia ou um produto. É um assunto que está dando o que falar. Que está na moda e que é comentado por todo mundo.

Existem várias associações para o Hype, pode estar ligado a moda como um estilo de se vestir. A melhor novidade em produtos para beleza, a música mais comentada, o ritmo mais inebriante.

Hype é tudo que tenha a ver com a atualidade.
Tecnologias como o twitter é um hype. Onde as pessoas dão opiniões, comentam as novidades e mostram a vida. Hype é o ápice de tudo, o que há de mais intenso, é ser definitivamente interessante. Um exemplo são os influencers digital. 

Origem

O termo hype surgiu da palavra  hyperbole em inglês, que significa exagero. No marketing é utilizada para referir-se a campanhas publicitárias consideradas exageras ou dramáticas. Essa palavra se tornou uma gíria quando os jovens começaram a utiliza-la para falar de ideias, produtos ou marcas  que se tornaram virais. As famosas “tendências”.

Quem são os hypebeast? Saiba se você é um

Pessoas que estão de olho nas tendências, com roupas e acessórios raros e de luxo e se utilizam disso para ganhar status e impressionar outras pessoas são chamados de hypebeast, ou seja, pessoas que adotam o estilo hype.

A cultura hype cresceu depois que surgiram vídeos no YouTube mostrando os valores dos outfits, isto é, das vestimentas e acessórios utilizados por fãs de hype. Somando o valor das peças de roupas, bolsas, pulseiras e relógios, alguns outfits chegam a custar 30 mil reais.

Os hypebeasts estão sempre antenados sobre as marcas e produtos que estão fazendo sucesso no cenário hype. Eles difundem essas marcas entre seu seguidores através da internet e/ou eventos destinados a esse público.

Nesse artigo foi possível conhecer um pouco mais sobre a gíria Hype e sobre os Hypebeasts. Em um mundo antenado e tecnológico é sempre bom estar por dentro dos termos e tendencias para não perder nada.

Referências

https://www.dicionarioinformal.com.br/diferenca-entre/hypado/hype/
https://www.significados.com.br/hype/
http://sfl.pro.br/blogs/index.php/sergio-blog/o_que_e_um_hype

Criando uma VIEW no Banco MySQL

Uma View (Visão) é na verdade uma visão sobre dados que já existem em uma tabela ou mais, sempre fruto de um comando SELECT. Como no exemplo a seguir onde temos uma tabela de estudante com vários campos imagine que seriam necessários para um relatório, apenas o nome do estudante e o ano de nascimento do mesmo. Como já ter isso pronto? Veja imagem anexo e tente reproduzir. #DigaNãoCOPYandPASTE #CTRL+C #CTRL+V

Criando uma Stored Procedure em MYSQL

A primeira coisa que temos que ter em mente é  “O que é uma Stored Procedure?” Praticamente todos os Bancos de Dados do mercado permitem que um desenvolvedor efetue novas implementações e funcionalidades no seu Banco. Uma das alternativas para que se consiga isso é através da criação de Procedimentos, que são códigos de programação que podem simplesmente mostrar a data e hora do servidor de banco de dados ou até efetuar cálculos complexos de impostos. Como eles estarão armazenados internamente no Banco de Dados, eles podem ser consumidos por qualquer programa que tenha acesso ao mesmo, de um cliente em JAVA ou até mesmo de um programa em PHP.

Visualize na sua mente, um sistema que possui App, Blog, Comércio Eletrônico, WebApp e ainda um módulo em Desktop, todos eles poderiam usar apenas o Procedimento Armazenado, que é chamado de Stored Procedure, com isso a lógica do negócio ficaria concisa e coesa.

Abaixo um passo a passo para Criação da Stored Procedure que recupera a data e hora do servidor e o dia da semana desta data. O Exemplo a seguir foi realizado com o uso do MySQL Workbench

Passo 01 – Criando a Procedure

Passo 02 – Escrevendo o Código da Procedure

Passo 03 – Aplicando o Código ao Banco de Dados

Passo 04 – Chegando no Fim

Passo 05 – A execução

Introdução da Introdução em Programação

Demonstração da Estrutura sequencial de trecho de programa escrito na linguagem Python, com comandos de atribuição, estrutura de (Se Então) e um Bug para ser resolvido. Tudo isso programado no ambiente de IDE repl.it

#Notas de Implementação de Banco de Dados 27.02.2019

A linguagem SQL resiste ao tempo e se mostra, ainda, como uma das melhores maneiras de recuperação de informação dentro de um banco de dados. Acima temos um pequeno modelo de dados com apenas 5 tabelas, mas suficientemente bom para vermos os conceitos de chave primária e estrangeira e servir de base já para nossos primeiros comandos SQL

Segue arquivo SQL para geração das tabelas do modelo acima. Mas antes de executar o SCRIPT, que está no padrão MYSQL, vocês terão que executar o comando para criação do SCHEMA ou DATABASE em outros Bancos de Dados, lugar onde ficará armazenado nossos dados.

CREATE SCHEMA aprendiz_sql ;

use aprendiz_sql;

create table aluno
(
alu_id int auto_increment primary key,
alu_nome varchar(60),
alu_matricula varchar(20),
alu_email varchar(100),
alu_senha varchar(200),
alu_idade int
);

create table curso
(
cur_id int auto_increment primary key,
cur_codigo varchar(10),
cur_nome varchar(50)
);

create table disciplina(
dis_id int auto_increment primary key,
dis_nome varchar(100),
dis_valor numeric(10,2)
);

create table curso_disciplina(
curdis_id int auto_increment primary key,
cur_id int,
dis_id int
);

alter table curso_disciplina
add foreign key(cur_id) references curso(cur_id);

alter table curso_disciplina
add foreign key(dis_id) references disciplina(dis_id);

create table aluno_disciplina(
aludis_id int auto_increment primary key,
alu_id int,
dis_id int,
aludis_semestre varchar(20)
);

alter table aluno_disciplina
add foreign key(alu_id) references aluno(alu_id);

alter table aluno_disciplina
add foreign key(dis_id) references disciplina(dis_id);

Abaixo todos os Comandos SQL do nosso Diagrama

Dica para descobrir Quantos alunos cursaram o semestre de 2018.2?

Comando SQL:

select count(*) from aluno_disciplina where aludis_semestre='2018.2';
select count(alu_id) from aluno_disciplina where aludis_semestre='2018.2';
select count(distinct alu_id) from aluno_disciplina
where aludis_semestre='2018.2';

Download do SCRIPT